segunda-feira, 15 de março de 2010

O pior final de semana de todos os tempos

Esta manhã fui informado da morte de um velho amigo, notícia que veio coroar esse final de semana macabro que começou com a morte do Glauco. Meu amigo morreu da mesma forma, baleado, na mira de mais um desses covardes que, com uma arma na mão, ficam machos pra caralho. A mim restou apenas a imagem desse grande amigo de infância, irmão que sempre me incentivou a desenhar e abriu as portas de sua casa em meu breve período no Rio de Janeiro.

Descansa em paz, Simão.

5 comentários:

  1. Que merda, cara.

    Viver nesse país tá foda.

    Força.

    ResponderExcluir
  2. "E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas ilusões de que tudo podia ser meu para sempre."

    Miguel Sousa Tavares in Não Te Deixarei Morrer David Crockett

    ResponderExcluir
  3. putz, foda... meus sentimentos...

    ResponderExcluir